Código CEST e Como Utiliza-lo

Desde sua criação, em 2018, o CEST é motivo de algumas duvidas dos comerciantes varejistas que são sempre diretamente afetados, de formas positivas e negativas, com as constantes mudanças de leis referentes ao varejo brasileiro. Neste artigo esclareceremos as duvidas mais constantes quanto ao uso desse código.

O Que é o CEST?

O CEST, ou Código Especificador da Substituição Tributária, foi criado com o intuito de simplificar o processo que gera dados para a SEFAZ e com isso facilitando na fiscalização por parte do Estado. O CEST, que contem 7 dígitos, funciona como um método de padronização e identificação de mercadorias e bens que estão sujeitos à substituição tributaria.

Por exemplo, se o NCM do produto está sujeito a substituição tributaria, é seu dever informar os números do CEST para que possa ser realizada a movimentação da tributação do mesmo.

Onde Posso Encontrar a Tabela do Código CEST?

Agora que você já sabe o que significam os números do código CEST, saberá também onde encontrar a tabela completa. Esta tabela fica localizada esta na pagina da CONFAZ e pode ser acessada clicando aqui. E também existe um site oficial do próprio CEST criado pelo governo que você acessa clicando aqui.

Eu Sou Obrigado a Utilizar o CEST?

A obrigatoriedade da utilização do código CEST é para todas as empresas que emitem NFe (Notas Fiscais Eletrônicas). O comerciante ainda é obrigado a utilizar o CEST mesmo se o Estado não for participante de distribuição tributaria ou se a operação realizada não for uma venda.

Um Software de Automação Pode me Auxiliar Com o CEST?

Um bom software como o UNIPLUS, disponibilizado pela Ideal Sistemas, auxiliará o varejista a extrair um relatório, observando os NCM´s que possuem mais produtos com incidência de substituição tributária. O UNIPLUS também consegue, de forma automática, realizar as conferencias e faz com que o varejista ganhe tempo e tenha mais segurança.

Entre em contato com a Ideal Sistemas para tirar duvidas sobre esse e outros temas: